Venda muito na Black Friday

Black Friday: veja as melhores dicas com os craques do e-commerce

Última atualização: 03/11/2022

A Black Friday é um dos eventos mais importantes no calendário de quem vende online. Em 2022, o evento acontece dia 25 de novembro e se no ano anterior o faturamento foi de R$ 4,2 bilhões, a tendência é que esse número aumente. E você não pode ficar de fora, não é mesmo?

Venda muito na Black Friday

Por isso, conversamos com os especialistas André Santos, do Mercado Livre, e Bruno de Oliveira, do E-commerce na Prática, para sabermos o que você pode fazer para se preparar para a Black Friday 2022.

André Santos é enfático, “a Black Friday tem que ser vista pelo vendedor desde o início do ano. Eu sempre indico ter os 12 meses catalogados, vendo como trabalhar a gestão de estoque e a gestão de compra. Como ele pode comprar bem para vender bem”. O que é reforçado por Bruno de Oliveira, que diz que para a Black Friday funcionar é importante trabalhar com a antecipação. Você precisa anunciar para a sua audiência que o seu negócio vai participar da Black Friday e que todo mundo pode encontrar ótimas promoções. Se não fizer isso, o seu cliente vai gastar o dinheiro dele em outro lugar, favorecendo os seus concorrentes.

Outro ponto em comum entre os especialistas é relacionado à logística. Cada vez mais os brasileiros querem receber o produto o quanto antes, se for no mesmo dia ou em até 24h, melhor ainda. Por isso, é importante planejar o seu estoque e alinhar muito bem a sua entrega. 

“Para a Black Friday não adianta ter só preço, tem que pensar muito na questão da experiência e da logística. Pensar na questão da entrega no mesmo dia, ou então até o dia seguinte. Ninguém quer mais receber produto em 7 dias, é tudo para ontem”, afirma André Santos. 

Tudo sobre Mercado Envios

O que pode atrapalhar a sua Black Friday

Segundo Bruno de Oliveira, se o seu site não estiver preparado para receber os clientes, você terá um grande problema. Por isso, resolva todas as questões de tecnologia antes da data.

“O estoque também, se não estiver planejado, pode ser um grande empecilho. Além disso, a falta de uma pesquisa de mercado pode atrapalhar muito. É necessário entender quais serão as estratégias dos concorrentes, quais os produtos mais vendidos, os preços, qual é a maior demanda. Estando atualizado, fica mais fácil ter uma Black Friday de sucesso”, reforça o especialista. 

“É essencial conhecer quem são os seus competidores, aí a gente tem a Real Trends, que é uma ferramenta que ajuda você a saber quem é o seu concorrente, saber quais são os produtos que de fato você tem que comprar bem para vender bem. Investir em uma ferramenta robusta e que te traga dados tem a ver com transformação digital e conhecer o seu consumidor”, acrescenta André Santos.

Não deixe nada atrapalhar a sua Black Friday, confira mais dicas no nosso e-book!

Black Friday x Natal

Uma das questões que pode passar pela sua cabeça é como gerenciar o estoque na Black Friday, já que o Natal vem praticamente em seguida. 

De acordo com Bruno de Oliveira, o vendedor precisa definir bem os objetivos das duas datas, afinal por mais que sejam próximas, não são a mesma coisa. A Black Friday não deve ter o objetivo de liquidar tudo, muitas vezes o lojista nem tem lucro. Ela serve para acabar de vez com o estoque remanescente. Já o Natal é o oposto, o objetivo é liquidar o máximo possível e investir em produtos que estejam com grande demanda na época.

Dicas de ouro dos especialistas

Veja os principais pontos que os especialistas consideram fundamentais para vender muito nesta Black Friday:

Dicas do Bruno de Oliveira

1. Portfólio correto de produtos

Fazendo uma pesquisa de mercado, o lojista vai saber quais são os produtos com mais demanda e, assim, pode focar nas promoções.

2. Definir objetivos

Pense em como a Black Friday pode beneficiar o seu negócio. Você está precisando aumentar o faturamento, acabar com o estoque parado, conquistar novos clientes, testar um mix de produtos. Analise qual é a maior necessidade do seu negócio e crie estratégias para supri-las.

3. Marketing pré e durante a Black Friday

Muitos negócios cometem o erro de anunciar as promoções apenas no dia. Por mais que seja importante, também é extremamente necessário fazer marketing antes da Black Friday. Gere antecipação, anuncie que o seu negócio terá ofertas incríveis e que é inteligente ficar por perto e ver como é possível economizar comprando de você.

4. Ter um trabalho ativo

Ao mesmo tempo que a Black Friday gera mais compras, ela também gera mais abandono de carrinho. Por isso, você precisa estar com uma equipe ativa trabalhando no dia. Mande mensagens para os clientes, tire todas as dúvidas, converse com eles. Afinal, um atendimento ótimo e preparado pode fazer toda a diferença.

Dicas do André Santos

 

Existe uma coisa que eu chamo de QPA: o Q de qualidade, o P de pós-venda e o A de atendimento, diz André. Veja abaixo o que representa cada um:

Qualidade

Quando eu falo de qualidade, eu falo de produto. Conhecer bem o produto, fazer um bom anúncio, com boas fotos, com bons títulos e bons vídeos. 

Pós-venda

O pós-venda não é só ficar com o cliente até ele receber o produto, tem a ver com a parte da logística. Você não pode deixar para lá, afinal esta não será a sua última Black Friday. Terão várias para você participar. Por isso, você tem que cativar esse cliente, seja respondendo de forma proativa, agradecendo pela compra e perguntando se ele gostou do produto. 

Atendimento

O atendimento encanta o cliente para ele comprar novamente com você. O brasileiro é um povo que gosta de carinho. Com isso, o encantamento se faz na forma como você trata o seu cliente, na forma como fala com ele.

E aí, curtiu as dicas? Compartilha com a gente como você está se preparando para a Black Friday 2022.

Real Trends

Teste a Real Trends por 30 dias grátis

E aumente suas vendas no Mercado Livre

 

Deixe seu comentário