Proteja-se das compras falsas

Última atualização: 27/03/2020

Separamos algumas dicas para reconhecer possíveis fraudes e reduzi-las.

 

A fraude nas compras online é um dos aspectos que mais preocupa no e-commerce, seja compradores ou vendedores. 

O que fazer se suspeitar que uma compra é fraudulenta?

Você recebeu um pedido com um ticket médio muito mais alto do que a média dos seus operadores? Várias compras seguidas de um mesmo cliente? Compras a partir de um mesmo IP, mas com endereços de entrega diferentes? Fique tranquil@, veja o que você pode fazer: 

  • Não entregue o produto até que esteja seguro da veracidade da compra. Mesmo que isso possa afetar o seu tempo de envio é melhor ser precavido.  
  • Comprove com o banco a operação para que ele indique se há indícios de uma possível fraude.
  • Entre em contato com o cliente para verificar o pedido, confirme os dados de entrega, quem receberá o produto, entre outras perguntas.
  • Guarde um registro de todas as comunicações que tenha com o cliente.
  • Se o comprador não responder ou você tem certeza de que é uma fraude pelas respostas que recebeu, notifique o banco com toda a informação possível: dados pessoais e bancários do usuário, endereço de IP da transação, e-mails com o cliente, entre outras.    
  • Documente todas essas operações fraudulentas e não use o dinheiro dessas vendas. Futuramente, a justiça pode solicitar a devolução.  

Para reduzir o impacto de uma possível fraude é necessário contar com todas as precauções possíveis na sua loja online:

1- Escolha um bom fornecedor de sistemas de pagamento: isso vai ajudar você a entender o risco de fraude concreto que existe no seu site, assim como o passo a passo frente a um problema.

2- Crie uma estrutura interna de prevenção: o seu site precisa de um sistema interno de ferramentas e políticas para minimizar a fraude. Não se descuide!

3- Estruture um processo de detecção: o seu sistema deve estar estruturado para armazenar de forma automática os comportamentos suspeitos dos clientes. Crie uma lista com essas ações e você estará um passo à frente!

4- Verificado por Visa e MasterCard SecureCode: esses cartões de crédito desenvolveram um sistema de autenticação com o emissor do cartão por meio do uso de um código pessoal pré-selecionado. A senha é verificada pelo emissor e, se for correta, permite que a transação seja completada. 

5- Solicite os códigos de segurança dos cartões: os códigos de segurança dos cartões, 3 dígitos que se encontram no verso do cartão, vão ajudar você a verificar que o cliente tem em seu poder um cartão válido.

6- Garanta a segurança: as suas solicitações de autorização deverão apresentar-se de forma segura para garantir que os dados transmitidos estejam protegidos. 

7- Configure os limites e controle a velocidade da transação: determine limites na quantidade e no montante das transações aprovadas para um cliente em um prazo determinado e ajuste-os à medida que as informações são acumuladas ao longo do tempo. 

8- Mantenha um arquivo interno: construir e sustentar um arquivo de possíveis casos de fraude vão ajudar a gerenciar melhor os futuros pedidos e recusar uma possível operação que não pareça “habitual”.

Siga essas dicas para aumentar a confiança dos seus clientes, evitar fraudes e conseguir mais vendas online seguras. #DicasRT 

Deixe seu comentário